quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Viseu | Santuário de Nossa Senhora da Lapa




«Diz a lenda que, em 1498, uma pastorinha de 12 anos, de nome Joana, muda de nascença, introduzindo-se por entre as fendas das rochas encimadas pela grande lapa, aí encontrou uma linda imagem da Virgem, que ali teria sido escondida há mais de quinhentos anos por umas religiosas fugindo a uma perseguição.
A devoção e todo o carinho que a menina dedicou à imagem, valeram-lhe uma especial protecção da Virgem que por milagre lhe concedeu o dom da fala.
Depressa se divulgou o milagre, originando uma crescente afluência de peregrinos, jamais interrompida até aos dias de hoje.»




domingo, 27 de agosto de 2017

Conversas #2


Como sabem já estou aqui na terrinha novamente, chegamos ontem e a viagem correu bem.
À tarde ainda fomos passear um bocadinho e à noite fomos até à Junta para apanhar internet.
Quando demos por nós passou um senhor e começou a falar connosco, disse-nos (em tom de brincadeira): "Devia começar a chover, ao menos saíam daí."
E não é que depois de ele se ir embora começou mesmo a chover? (risos)

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Mais uma semana na terrinha


Amanhã estarei de regresso à terrinha. Desta vez vou com a minha mãe e com o meu padrasto, os meus avós e o meu primo ainda lá estão. Não sei até que ponto isto vai ser bom, mas não quero agoirar já. Pensamento positivo não é?


quarta-feira, 23 de agosto de 2017

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Faculdade | Pelouro da praxe


A altura de regressar às aulas está quase a chegar e, por isso, recebi hoje a noticia de que vou pertencer ao pelouro da praxe. Isto é, sou eu e mais quatro colegas que vamos organizar tudo o que se vai passar em cada momento de praxe. 
Não podia ter ficado mais contente com esta novidade, era algo que queria mesmo muito.
Só espero conseguir dar o meu melhor e que os caloiros deste ano se sintam bem por participar em cada dia que passem connosco. Espero também que não haja as confusões que houve no meu ano, é suposto aproveitar estas oportunidades da melhor maneira possível e se todos colaborarem as coisas tornam-se mais fáceis e muito mais divertidas.
Se tiverem algumas ideias giras para jogos ou atividades para fazer em momentos de praxe, já sabem, contem-me tudo!

domingo, 20 de agosto de 2017

Cheesecake

Ontem decidi aventurar-me a experimentar uma receita que vi no blog da Magda Carvalho (podem ver a receita mais detalhada aqui), as fotografias dela fizeram-me ficar com água na boca (risos).

Ingredientes:
  • 100 ml de água
  • 200 g de natas para bater
  • 1 pacote de bolachas Maria
  • 200 g de açucar
  • 100 g de manteiga
  • 200 g de queijo para barrar
  • 1 doce à escolha (eu escolhi um de morango)
  • 5 folhas de gelatina
Eu comecei por triturar as bolachas e, quando a manteiga já estava derretida, misturei tudo.
Depois espalhei sobre o prato e usei uma colher para deixar a base direita.


De seguida bati as natas e adicionei o açúcar, metade do queijo para barrar e as folhas de gelatina já derretidas na água.
Quando a textura já estava boa coloquei as natas no prato, por cima das bolachas.


Leva-se ao frigorífico (por já ser tarde, deixei da noite para o dia. Mas, segundo a nossa querida Maggie duas horas chega perfeitamente) e assim que estiver tudo consistente, retira-se com muito custo da base e barra-se a superfície com o doce.


E já está, pronto a comer!
É sem dúvida muito rápido de se fazer e sabe muito bem, principalmente fresquinho.



Obrigada minha linda por partilhares isto connosco.
Atrevem-se a experimentar? Não se vão arrepender!

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

De férias e sem inspiração


Estes dias têm sido passados com a minha mãe, temos ido à praia ou então vamos passear e ao fim do dia estou um bocadinho com o D'. Não ando com motivação para grandes coisas e por isso tenho estado um pouco ausente daqui. Espero ganhar energias e inspiração para vos trazer novos posts.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

De Ourém a Fátima

O feriado de ontem foi passado em família, decidimos ir almoçar a Ourém e depois seguimos para Fátima. Foi um dia para agradecer.






segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Mais de 1000 razões para ser feliz #13


Eu não sei quanto a vocês, mas eu adoro quando chega a altura de ir comprar o material escolar.
Gosto de percorrer os corredores que agora passam a estar mais coloridos e cheios, desde cadernos até às mais variadas canetas, adoro escolher as coisas que preciso para iniciar o novo ano. 

domingo, 13 de agosto de 2017

É preciso ter azar


É incrível, passei duas semanas onde mal mexia no meu telemóvel (para os mais distraídos, estive na terrinha e lá não tinha rede nem internet) e hoje ele caí-me no chão e o vidro partiu-se.
O ecrã é touch e funciona lindamente, ainda estava na esperança que fosse apenas a película de vidro, mas quando o levei à loja perdi as esperanças todas.
O mal está feito agora vou ver se o arranjo, é preciso ter azar.

sábado, 12 de agosto de 2017

Sugestões de filmes

O post de hoje é um pouco diferente do habitual. Hoje venho trazer-vos algumas sugestões de filmes. Confesso que não sou muito de ver televisão, mas de tempos a tempos sabe sempre bem ver um bom filme. Estes que vos trago hoje foram os mais recentes que vi. Gostei de todos e espero que vocês também gostem.
Nos limites da lei


Género: Policial.
Descrição: Vincent Downs é um agente da polícia apanhado no meio de uma disputa entre criminosos e polícias corruptos. Após um assalto fracassado, o seu filho adolescente é raptado por Rob Novak, o mais implacável criminoso da cidade. Agora, em apenas uma noite, ele terá que resgatar o filho, fugir de uma investigação de assuntos internos e levar os criminosos à justiça.

Viver depois de ti



Género: Drama.
Descrição: Lou é uma rapariga alegre e inocente que nunca saiu da pequena cidade onde nasceu. Um dia, de modo a ajudar nas contas familiares, aceita emprego como assistente domiciliária de Will Traynor, filho único de uma família abastada que, devido a um grave acidente de mota alguns anos antes, ficou tetraplégico. Confinado a uma cadeira de rodas, Will, que até aí tinha sido um amante de aventura, foi perdendo o gosto pela vida, tornando-se deprimido, fechado em si mesmo e cínico na forma como vê tudo em seu redor. Apesar de inicialmente difícil, a relação entre ambos vai-se tornando cada vez mais estreita e a alegria contagiante dela vai revelar-se um antídoto contra a depressão de Will, dando-lhe uma nova motivação para acordar a cada dia.

Despedida em grande estilo

Género: Comédia, Policial.
Descrição: Willie (Morgan Freeman), Joe (Michael Caine) e Albert (Alan Arkin) são amigos há décadas. Eles levam uma vida pacata, mas sofrem com problemas financeiros. Quando Willie testemunha o assalto milionário a um banco, decide chamar Joe e Albert para elaborarem o seu próprio assalto. É a vez de os idosos se revelarem contra a exploração dos bancos.

O padrasto



Género: Terror.
Descrição: Michael Harding (Penn Badgley) retorna da escola militar para sua casa para encontrar sua mãe, Susan (Sela Ward), feliz e apaixonada por um homem conhecido como David Harris (Dylan Walsh). Ele parece ser um bom marido e perfeito pai para todos, mas Michael suspeita que ele não é o homem que parece ser.
Junto com sua namorada Kelly (Amber Heard), seu pai Jay (Jon Tenney) e amigas de Susan (Paige Turco e Sherry Stringfield), eles começam lentamente a juntar as peças do mistério do homem que está prestes a se tornar seu padrasto, mas pode ser tarde demais para a verdade chegar.

ps: Terror não é de todo o meu tipo de filme, mas este por acaso até gostei.

A espia que sabia de menos



Género: Comédia, Policial.
Descrição: Susan Cooper é uma despretensiosa analista de base da CIA, e heroína não reconhecida por trás das missões mais perigosas da Agência. Mas quando o seu parceiro sai da jogada, e outro agente fica comprometido, Susan decide infiltrar-se no mundo de um traficante de armas mortais e evitar um desastre global.

Vida desfeita



Género: Drama.
Descrição: Deon é um jogador de futebol americano promissor graças à combinação de força e velocidade. A sua expectativa é conseguir ser profissional e disputar a NFL, mas os seus planos vão por água abaixo ao descobrir que está com câncer. A partir de então, a sua vida muda drasticamente e ele precisa de contar com a ajuda da sua família, especialmente da sua mãe, para se reerguer.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

De regresso a casa


É verdade, já estou a caminho de casa novamente.
Não sei se ainda regresso à terrinha nas férias da minha mãe, mas espero que sim, seria bom sinal visto que por esses lados as coisas também não andam muito favoráveis.
Vamos lá ver, espero mesmo que a partir de agora as coisas comecem realmente a melhorar.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Últimos dias na terrinha

As coisas não têm andado nada melhores por aqui. Parece que todos os dias tem de haver alguma coisa para estragar o resto do dia.
Já me vou embora amanhã, por um lado é bom, preciso sair deste ambiente, mas pensar que a minha avó ainda fica cá parte-me o coração.
Na terça ainda consegui ir à cidade com a minha avó e o meu avô ficou com o meu primo. Já estávamos a precisar de uma escapadela. Não tive muito tempo para fotografar, e a disposição também não era muita, mas ainda vos deixo aqui duas fotografias.
Amanhã na viagem ponho-me a par dos vossos cantinhos (afinal, vou ter mais que tempo não é? (risos)).
Cidade de Viseu.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Citações II


"Quando não podemos falar de factos que são verdadeiros, vemo-los crescer, distorcer-se e ganhar mais importância do que devíamos permitir, e o resultado é que ficamos atrofiados pelos atos do passado."

Anita Shreve em "A Praia do Destino"

domingo, 6 de agosto de 2017

Apenas o coração...


As coisas aqui por casa deveriam estar bem visto que estamos de férias, mas não estão. Aliás, cada vez estão piores. O meu primo anda insuportável e, por mais que a minha avó o desculpe pela idade e pelas vivências "lá na outra casa", eu sei que a maioria das situações que ele causa não se devem a isso. Já não sei o que fazer para tentar contornar toda esta situação. A verdade é que já não depende de mim. 
Nunca pensei assistir ao que assisti ontem. E pensar que se eu não estivesse presente as coisas poderiam ter corrido ainda pior. Já não consigo olhar para o meu avô da mesma maneira, é como se em vinte anos estivesse agora a descobrir um novo lado dele. Sei que tem um feitio especialmente complicado, mas não assim. A avó não merecia.
Como foste capaz? Acho que nunca vou saber responder a isto.

sábado, 5 de agosto de 2017

XIV - Sobre mim

No meu quinto e sexto ano fazia uma coleção de autocolantes juntamente com os meus colegas da escola.
A ideia era, de tempos a tempos, comprar autocolantes depois organizava-os por categorias e colava tudo direitinho num álbum.
Os meus colegas faziam o mesmo e, na escola, passávamos os intervalos a troca-los. Era com cada negócio (risos).
Eu cheguei a ter dois álbuns, um com os meus autocolantes e outro com aqueles que queria trocar.
Hoje ainda tenho este álbum cheio de autocolantes, é sem duvida uma relíquia!
Deixo-vos em video estas minhas memórias visto que se fosse em fotografias nunca mais saiamos daqui (risos).

E vocês? Já fizeram alguma coleção?

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Indiferença


Gostava de aprender a ser indiferente tal como tu és. Dou demasiada importância às coisas enquanto que para ti está tudo bem. Sinto-me estúpida por precisar da tua atenção. Aliás, sinto-me estúpida por estar aqui a escrever isto. E logo por tua causa. Afinal, se as coisas não mudam não vale a pena falar nelas. É o teu lema não é? Provavelmente sou eu que estou errada, devia aprender mais contigo. Mas, por mais que tente, não consigo. E não consigo porque essa não sou eu.
Culpo-me por pensar demasiado. Por pensar que um dia te fartas disto e arranjas alguém melhor do que eu. Alguém que não "comece com merdas logo de manhã".

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Santa terrinha ao pôr do sol

Sinto que os dias estão a passar a correr, e isso é bom. Muito sinceramente não se tem passado nada de especial, já fui ver os meus primos, estive com a minha amiga aqui da terra e já fui uma vez à vila mas foi tão depressa que nem tive tempo para nada.
Tem sido complicado apanhar rede por estes lados. Mas acho que o azar está é mesmo do meu lado. Os meus avós têm rede e a minha amiga, que mora mesmo à minha frente, tem rede na casa toda.
Eu só consigo apanhar na rua e já tive de me apoderar do telemóvel do meu avô, bendito tijolo (risos).
Vou tentar estar mais ativa pelo instagram, visto que se for até à junta consigo apanhar internet. Podem acompanhar-me aqui.
O que me tem salvado e possibilitar vir aqui ao cantinho é a internet do meu vizinho, quem tem um vizinho tem tudo não é verdade? (risos). Ele deu-nos a senha e quando cá estamos de férias usamos. Também é muito limitada, mas já é melhor que nada.
Ontem ainda dei uma escapadela pela aldeia e fui fotografar, deixo-vos algumas fotografias.




quarta-feira, 2 de agosto de 2017

XIII - Sobre mim


Nunca vou ser velha demais para jogar sims 3. Quanto muito serei velha mas sem tempo para isto.
Pode-se dizer que nunca fui viciada em jogos, mas este prendeu-me desde a primeira vez que o experimentei (e isto já se passou à uns bons aninhos).
Vir aqui para a terra e não jogar sims não é férias! Este ano bora lá experimentar o 4 eheh

E vocês também têm o mesmo vicio?

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Bem vindo agosto


Que sejas um mês cheio de novos bons momentos.
Em agosto só quero mesmo aproveitar o resto das férias, passear, conhecer novos lugares, ir mais à praia, fotografar, sentar-me numa bela esplanada a comer um gelado. Coisas simples, mas que ao longo do ano são mais difíceis de fazer.
Agosto, vem com calor por favor, ainda me quero bronzear mais um bocadinho.

Que tenham um bom mês!