quinta-feira, 20 de julho de 2017

Faculdade | Emblemas


A tão esperada altura de poder colocar os emblemas na capa chegou. Na fotografia a cima mostro-vos os emblemas que tenho de momento. Falta apenas o emblema do instituto e o do curso que, como sabem, não o posso partilhar aqui. Não liguem à ordem que está na fotografia, coloquei assim apenas para vos mostrar visto que ainda faltam emblemas para ficar tudo direitinho.
Apesar da colocação ser opcional, ou seja quem não quiser ter emblemas pode fazer capa negra, eu decidi ter. Acho super bonito e dá um brilho especial à capa, além disso podemos sempre acrescentar emblemas ao longo do nosso percurso académico.

Para coser os emblemas são exigidas algumas regras:
  • O número total e por linha (em todas as direções) deve ser ímpar. (esta é sem dúvida a parte mais chata)
  • Devem ser cosidos na parte interior da capa.
  • Para os coser deve ser utilizada linha preta e o ponto deve ser invisível.
  • Há oito emblemas obrigatórios (que sem estes não é permitido ter mais nenhum) e devem ter a seguinte ordem: Portugal, União Europeia, Universidade, Faculdade, Curso, Terra onde nasceu, Terra da mãe e Terra do pai.

Como podem calcular é uma tarefa difícil e, nas lojas especialistas levam dois euros se não estou em erro para colocar c-a-d-a emblema. Isto iria sair uma fortuna! Por isso decidi pedir ajuda ao meu avô caso não resulte lá terei de gastar uma fortuna (risos). A minha madrinha académica emprestou-me a capa da mãe dela para o meu avô se poder orientar melhor. Vamos lá ver como isto corre.

E vocês? 
Já têm a vossa capa com ou sem emblemas? 
Ou se não têm, já sabem como gostariam de fazer?